javascript hit counter

Independência dos Estados Unidos da América

Você está aqui

Home / Idade Moderna / Independência dos Estados Unidos da América

Signatários da declaração de Independência dos EUA

Curtidas

0

Comentários

Compartilhe:

Por Me. Cláudio Fernandes

O movimento pela Independência dos Estados Unidos ocorreu na virada da década de 1770 para a 1780 e deflagrou uma guerra cujo fim, em 1783, selou a autonomia das Treze Colônias. A Declaração de Independência foi redigida e assinada em 04 de junho de 1776. Um dos elementos que tiveram grande peso na aceleração da independência foi a Guerra dos Sete Anos (1756 -1763), isto é, a guerra travada na América do Norte entre ingleses e franceses pela posse de terras.

A Guerra dos Sete Anos, vencida pelos ingleses com amplo apoio dos colonos que ali já residiam, resultou na anexação de terras antes pertencentes aos franceses. Os colonos que já estavam no novo continente pensaram que poderiam beneficiar-se de tais terras como despojo de guerra, mas a coroa inglesa tinha outros planos: destinar as novas terras para novos colonos que viriam da Inglaterra para ocupá-las.

Além disso, outros fatores contribuíram para um crescente sentimento de revolta por parte dos colonos, como as restrições fiscais da coroa inglesa conhecidas como Leis Proibitivas. Uma dessas leis, a Lei do Selo, promulgada em 1765, foi imposta aos colonos após a guerra contra os franceses, objetivando tirar a Inglaterra do prejuízo resultante dos gastos militares. O arrocho da Lei do Selo previa a impressão de um selo real em todos os produtos para que eles pudessem circular como mercadorias certificadas, gerando um dispendioso gasto para os produtores.

Outras dessas leis, a do Imposto Sobre o Chá, foi o principal vetor para a revolta contra a Inglaterra. Em 1770, cinco pessoas que protestavam contra essa lei na cidade de Boston foram assassinadas pela guarda inglesa. Uma onda de boicotes às determinações da coroa inglesa sobreveio após esse fato. Em dezembro de 1773, alguns colonos disfarçaram-se de índios e entraram no Porto de Boston para jogar as sacas de chá da Companhia das Índias Ocidentais, rival do chá americano, ao mar. Essa afronta aos ingleses ficou conhecida como Festa do Chá de Boston, fato que deu origem a um dos mais sólidos movimentos políticos conservadores dos Estados Unidos.

O clima de insatisfação e revolta contaminou muitos dos colonos, inclusive alguns que antes não estavam a favor do choque com a coroa inglesa. Entre os líderes, estavam os nomes de Thomas Jefferson, Samuel Adams, Richard Lee e Benjamin Franklin, que organizaram, na Filadélfia, em abril de 1775, o Primeiro Congresso Continental, onde foi elaborada a declaração de direitos sob inspiração iluminista. Em 10 de abril de 1775, ocorreu o primeiro combate em Lexington entre tropas reais e milícias de colonos. Outros combates ocorreram em Concord e Bunker Hill.

No ano seguinte, em 04 de julho de 1776, houve o Segundo Congresso Continental, em que foi redigida a Declaração de Independência e houve a criação do exército colonial, que enfrentou com mais propriedade o exército inglês. Nos anos que se seguiram, as batalhas vencidas pelos colonos americanos, sobretudo após a ajuda de espanhóis e franceses, acabaram por solidificar a autonomia dos EUA.

Curtidas

0

Comentários

Compartilhe: