A África na Idade Média

Você está aqui

Home / Idade Média / A África na Idade Média

Curtidas

0

Comentários

Compartilhe:

Durante a Idade Média, a África já era usada para realizar trocas comerciais com gregos e romanos. Quando esse comércio diminuiu, criaram-se sociedades politicamente centralizadas constituindo em alguns casos grandes impérios.

Entre 1000 e 1500, o islamismo trazido por árabes que realizavam trocas no continente se expandiu no sul da África e em alguns impérios como religião principal. Nas sociedades africanas, também havia escravos que serviam o império por determinado tempo e depois eram devolvidos à suas famílias e reintegrado na sociedade. Alguns escravos tinham cargos de destaque na administração dos impérios.

A partir de 1442, o tráfico de escravos aumentou consideravelmente, pois os objetos de luxo e o sal que chegava até as sociedades faziam com que os impérios trocassem os escravos por tais objetos que vinham do Oriente. Esses escravos, a princípio eram enviados para a Europa e para a América.

Curtidas

0

Comentários

Compartilhe: