Os Primeiros seres humanos

Você está aqui

Home / Curiosidades / Os Primeiros seres humanos

Curtidas

13

Comentários

Compartilhe:

Por Tales Pinto

A origem dos seres humanos gera inúmeras divergências. Inúmeras origens são apontadas em decorrência das respostas dadas à pergunta: de onde viemos? Ou talvez: como surgimos?

Os estudos arqueológicos e paleológicos auxiliam-nos a entender um pouco mais sobre nossas origens
Os estudos arqueológicos e paleológicos auxiliam-nos a entender um pouco mais sobre nossas origens

Durante milhares de anos, e até hoje, grande parte das civilizações respondeu a essas perguntas tendo por base suas percepções religiosas do mundo. Gregos, hindus, vikings, judeus, entre outros, acreditam que o ser humano surgiu a partir da criação de uma divindade, ou de várias divindades. Essas explicações se inserem no que se convencionou chamar de criacionismo, a explicação de que o ser humano foi criado em algum momento por uma divindade.

Mas com o desenvolvimento do racionalismo na Europa ocidental e as pesquisas empíricas, passou-se a criar teorias científicas para explicar a origem do ser humano a partir de um processo evolutivo iniciado há bilhões de anos. Essas teorias e as pesquisas que dão base a elas estão sujeitas a constantes questionamentos e continuações, alterando-se de acordo com os resultados alcançados. No que se refere à origem do ser humano, há mais dúvidas que certezas sobre uma origem precisa. As pesquisas paleológicas e arqueológicas possibilitam ver similitudes entre os seres humanos e algumas espécies de macacos, o que leva a argumentar sobre a existência de um ancestral comum. Só que em algum momento houve uma divisão evolutiva, que teria originado os macacos e os seres humanos como os conhecemos.

Algumas pesquisas apontam que os hominídeos teriam dado origem ao ser humano. Os hominídeos seriam uma família que incluiria o gênero australopithecus e também o gênero humano. Dentre os australopithecus, encontram-se o australopithecus animensis, que teria vivido entre 4,2 a 3,9 milhões de anos atrás, e o australopithecus afarensis, que possivelmente habitava a Terra há 3,9 a 3 milhões de anos. Os dois possivelmente caminhavam sobre dois pés.

Do gênero homo, o primeiro hominídeo seria o homo habilis, que viveu há 2,4 a 1,5 milhões de anos, fabricando instrumentos grosseiros de pedra, além de desenvolver uma linguagem rudimentar.

Do homo habilis teria descendido o homo erectus. Habitou a África e depois alcançou a Europa, a Ásia e a Oceania, por volta de 1,8 milhões e 300 mil anos atrás. Descobriu o fogo, passou a cobrir o corpo e utilizar instrumentos e ferramentas mais precisas, provavelmente também elaborou melhor sua linguagem, frente às novas experiências adquiridas.

Descendente do homo erectus foi o homo neanderthalensis, que conviveu com o homem moderno, mas não se sabe os motivos que o levaram a desaparecer. Viveu entre 230 e 30 mil anos atrás, criando armas e ferramentas sofisticadas, além de enterrar seus mortos com flores e objetos.

Também do homo erectus descendeu o homo sapiens, desenvolvedor de sofisticadas ferramentas, objetos de trabalho, linguagem muito bem articulada e uma diversidade cultural espantosa. Ele próprio acredita que descende tanto dos deuses quanto do homo erectus. Continua violento como seus antepassados. Surgiu há cerca de 120 mil anos e ainda hoje habita as cidades e os campos do mundo.

Curtidas

13

Comentários

Compartilhe: