Guerra do Vietnã (1959-1975) - História da Guerra do Vietnã

Você está aqui

Home / Idade Contemporânea / Guerra do Vietnã (1959-1975) - História da Guerra do Vietnã

Os guerrilheiros vietcongues se deslocavam através dos rios para preparar emboscadas para o inimigo

Curtidas

6

Comentários

0

Compartilhe:

De natureza ideológica, foi o mais polêmico e violento conflito armado da segunda metade do século XX. Situado no Vietnã, contou com a determinação das guerrilhas comunistas do Vietnã do Sul (os chamados vietcongues), com o apoio do governo do Vietnã do Norte, para derrotar o governo do Vietnã do Sul.

O conflito afetou o Laos, onde o Pather Lao (comunista) derrubou o regime monárquico em 1975, e o Camboja, cujo governo rendeu-se, no mesmo ano, ao grupo comunista do Khmer Vermelho.

Nascido da luta do povo vietnamita pela libertação do jugo colonial francês, a chamada guerra da Indochina, o conflito tornou-se, no período de maior intensidade de participação americana, elemento essencial da Guerra Fria. Os Estados Unidos, que tinham apoiado a França na Indochina, acreditavam que a queda do Vietnã do Sul acarretaria a de outros países do Sudeste Asiático.

Foi durante a Guerra do Vietnã que se destacou o grupo comunista Viet Minh, fundado pelo líder revolucionário Ho Chi Minh, que, em sua luta pela libertação, contou com apoio político nos dois países, o do Norte, comunista, e o do Sul, pró-ocidental. Os comunistas proclamaram seu propósito de reunificar o país. John Fitzgerald Kennedy, então presidente dos Estados Unidos, comprometeu-se a ajudar o Vietnã do Sul a manter sua independência. O conflito intensificou-se em 1964, quando dois destróieres dos Estados Unidos foram atacados por lanchas norte-vietnamitas, em águas internacionais do golfo de Tonquim. O presidente Lindon B. Johnson ordenou bombardeios de represália sobre o Vietnã do Norte.

A guerra continuou e as perdas humanas geraram um sentimento de repulsa na população norte-americana, que exigia o fim da guerra. Durante a campanha de 1967-1968, o general norte-vietnamita Vo Nguyen Giap iniciou a denominada ofensiva do Tet, de devastador efeito psicológico. Em 1969, o novo presidente, Richard Nixon, anunciou a progressiva retirada das tropas norte-americanas e, em 23 de janeiro de 1973, conseguiu um acordo para o cessar-fogo. Em dezembro de 1974, o Vietcong lançou uma grande ofensiva e, em 30 de abril de 1975, as tropas revolucionárias ocuparam Saigon. O Sul rendeu-se incondicionalmente. Cerca de 2 milhões de vietnamitas e 57 mil norte-americanos morreram no conflito.

Idade Contemporânea

Curtidas

6

Comentários

0

Compartilhe: