História do Mundo

Busca

Cronologia

Civilizações

Mundo sem água

A água potável existente nos dias atuais não ultrapassa 2,5% do total de água presente no planeta
A água potável existente nos dias atuais não ultrapassa 2,5% do total de água presente no planeta

Por Leandro Carvalho

A água é um elemento natural essencial para a sobrevivência animal e vegetal no planeta Terra. Sabemos que a cada ano que passa ela está se tornando cada vez mais escassa, tanto pelo aquecimento global provocado pela emissão de gases poluentes emitidos pelos seres humanos, quanto pela poluição das águas potáveis com esgotos urbanos.

Na história da humanidade, os rios desempenharam função elementar no surgimento das primeiras civilizações: eram utilizados para o transporte de pessoas e mercadorias; e tiveram importante papel para a sobrevivência de vários povos, primeiramente abastecendo civilizações com peixes e água potável e, posteriormente, com o desenvolvimento da agricultura.

As civilizações da chamada Antiguidade Oriental, principalmente a Mesopotâmia e o Egito Antigo, souberam utilizar as inundações ou cheias dos rios Tigres e Eufrates (Mesopotâmia) e do rio Nilo (Egito) para fertilizar as terras. Dessa maneira, as terras ficavam férteis para a prática da agricultura. Além disso, desenvolveram a construção de barragens (para acumular as águas dos rios no período das secas, com a finalidade de irrigar as plantações) e diques (para evitar que as inundações dos rios destruíssem essas plantações).

É importante ressaltar que os territórios nos quais se encontravam a Mesopotâmia e o Egito Antigo eram regiões áridas com poucas condições de sobrevivência, portanto as águas dos rios foram fundamentais para o desenvolvimento dessas civilizações.

Atualmente, decorridos vários séculos, a água continua essencial para a manutenção da vida no mundo. No entanto, a água potável é um recurso natural finito, ou seja, que terá um fim. Nos dias de hoje, 2,5% de toda água presente no mundo é potável e 97,5% é de água salgada (que não utilizamos para o consumo).

Desse percentual de água doce citado acima (2,5%), apenas 0,3% representa águas de rios e lagos, o restante (2,2%) de água potável se encontra em lençóis freáticos e geleiras. Dessa maneira, de toda água existente no mundo, somente uma pequena parte está disponível para o consumo humano.

Portanto, quais são os fatores que estão contribuindo para tornar a pequena parte de água potável que existe no mundo ainda mais escassa para o consumo? Respondendo a questão, diversos são os fatores que contribuem para esse estado alarmante, como a poluição, a urbanização e a industrialização. Ou seja, esgotos e dejetos jogados nos rios em virtude da urbanização e da industrialização e o desperdício de água pelas populações das cidades estão contribuindo consideravelmente para a escassez de água potável no mundo.

Com o aquecimento global, vários rios estão secando

Atualmente, reverter esse processo de poluição e escassez da água potável é um dos maiores desafios da sociedade. Precisamos evitar uma crise mundial de abastecimento de água tanto para as gerações do presente quanto para as gerações do futuro. Para isso, o poder público deve iniciar um programa de conscientização e educação para manutenção da água potável no mundo. 

Resolução mínima de 800x600. Copyright © 2014 Rede Omnia - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização prévio da equipe (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98), salvo para trabalhos escolares. Todo conteúdo é para fins educacionais.
Veja Também: História do Brasil | Vestibular

R7 Educação